Hiperatividade

Será que meu filho é hiperativo?

Essa dúvida que aflige muitos pais nos dias de hoje é tema de muitos estudos, pesquisas e discussões.

Se médicos, psicólogos, educadores nem sempre conseguem um diagnóstico preciso, dificultando encaminhamentos e tratamentos, o que diremos dos pais, “leigos”, que se deparam com uma criança agitada, sem interesse, que não responde à comandos.

Mesmo quando “diagnosticada” a HIPERATIVIDADE, ainda há o dilema: medicar ou não? Será que eu não consigo atender meu filho adequadamente sem remédio? E todas essas pesquisas que indicam crianças com diagnóstico errado, medicadas sem necessidade?

O Transtorno de Déficit de Atenção por Hiperatividade (TDAH), como é chamada pelos especialistas, é um transtorno neurobiológico de causas genéticas que aparece na infância e se desenrola por toda a vida do indivíduo. Este transtorno é caracterizado pela combinação de duas categorias de sintomas: desatenção e impulsividade/hiperatividade.

Segundo Ballone (2005), a prevalência do TDA-H está entre 3% a 5% em crianças em idade escolar, sendo mais comum em meninos. As crianças apresentam um padrão persistente de desatenção, hiperatividade e alguns sintomas hiperativos-impulsivos.

De uma forma geral, os sintomas aparecem na infância e é na escola que eles irão se manifestar mais claramente. A criança tende a apresentar dificuldades nos relacionamentos com os colegas, pais e professores. Crianças com Transtorno de Déficit e Atenção com Hiperatividade são comumente taxadas de avoadas ou estabanadas devido aos seus comportamentos e sintomas característicos, o que traz prejuízos ainda maiores ao seu desenvolvimento.

São vários os motivos que mostram ser de grande importância médica fazer o diagnóstico e se tratar a criança (ou o adulto) com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Primeiro, é importante se fazer o tratamento desse transtorno para que a criança não cresça estigmatizada como o “bagunceiro da turma” ou como ou “vagabundo”, ou como o “terror dos professores”. Segundo, para que a criança não fique durante anos com o desenvolvimento prejudicado na escola e na sua vida social, atrasado em relação aos outros colegas numa sociedade cada vez mais competitiva. Terceiro, é importante fazer um tratamento do transtorno para se tentar minimizar conseqüências futuras do problema, como a propensão ao uso de drogas (o que é relativamente freqüente em adolescentes e adultos com o problema), transtorno do humor (depressão, principalmente) e transtorno de conduta.

Como se diagnostica?

O diagnóstico deve ser feito por um profissional de saúde capacitado, geralmente neurologista, pediatra ou psiquiatra. Pode ser auxiliado por alguns testes psicológicos ou neuropsicológicos, principalmente em casos duvidosos, como em adultos, mas mesmo em crianças, para o acompanhamento adequado do tratamento.

Como se trata?

O tratamento envolve o uso de medicação, geralmente algum psico-estimulante específico para o sistema nervoso central, uso de alguns antidepressivos ou outras medicações. Deve haver um acompanhamento do progresso da terapia, através da família e da escola. Além do tratamento medicamentoso, uma psicoterapia deve ser mantida, na maioria dos casos, pela necessidade de atenção à criança (ou adulto) devido à mudança de comportamento que deve ocorrer com a melhora dos sintomas, por causa do aconselhamento que se deve fazer aos pais e para tratamento de qualquer problema específico do desenvolvimento que possa estar associado.

Um aspecto fundamental desse tratamento é o acompanhamento da criança, de sua família e de seus professores, pois é preciso auxílio para que a criança possa reestruturar seu ambiente, reduzindo sua ansiedade. Uma exigência quase universal consiste em ajudar os pais a reconhecerem que a permissividade não é útil para a criança, mas que utilizando um modelo claro e previsível de recompensas e punições, baseado em terapias comportamentais, o desenvolvimento da criança pode ser melhor acompanhado.

* Importante saber também sobre a hiperatividade em adultos.

Abaixo alguns links interessantes que serviram de fonte de consulta e tratam mais detalhadamente sobre o assunto:

http://clinicaguri.com.br/?tag=hiperatividade

http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?420

http://www.hiperatividade.com.br/

Educação inclusiva: boas razões.

todas as crianças têm direito a aprender juntas;
crianças não devem ser desvalorizadas, discriminadas ou excluídas por sua deficiência, diferença ou dificuldade de aprendizagem;
crianças não precisam ser protegidas de outras crianças;
não existem razões legítimas para separar crianças na educação. A heterogeneidade ensina. Crianças devem estar juntas e beneficiar-se de suas mútuas companhias e inevitáveis diferenças;
pesquisas demonstram que crianças aprendem mais, tanto acadêmica quanto socialmente, em ambientes inclusivos;
não existe nenhum conteúdo de ensino ou cuidado que ocorra em uma escola especial, que não possa ser implementado na escola regular;
a segregação ensina às crianças a terem temores infundados. A segregação promove o preconceito e a intolerância;
todas as crianças requerem uma educação inclusiva que as ajude a estabelecer relações, respeitar as diferenças e preparar-se para a vida;
a educação inclusiva tem potencial para reduzir o medo do desconhecido e promover a amizade, o respeito, a compreensão e a cooperação

Extraído do site: http://www.reviverdown.org.br/

Creche a noite?

Ouça a música enquanto lê…

O centro Vila Parolin é um dos quatro de Curitiba com turno noturno, das 2 da tarde às 11 da noite. São, ao todo, 30 crianças atendidas à noite. Outras 18 estão na fila de espera. Pelos dados mais recentes do Ministério da Educação (MEC), apenas 655 crianças – 0,01% do total de matriculados na Educação Infantil – estudam no turno noturno.

Inicialmente o horário especial foi criado para contemplar o grande número de catadores de papéis que moravam nas redondezas – por rodar o dia inteiro com seus carrinhos, eles só podiam buscar as crianças noite adentro. Hoje, porém, a clientela é mais diversificada: predominam filhos de trabalhadores noturnos (de balconistas a seguranças) e de mães adolescentes.
A experiência de oferecer Educação Infantil noturna exigiu algumas mudanças. Por causa das condições climáticas (Curitiba é a capital mais fria do Brasil), as áreas externas só são usadas no verão. E a hora da sesta, o descanso após o almoço, ocorre um pouco mais tarde: a partir das 5 e meia para que os pequenos permaneçam despertos até a hora em que os pais chegam. “A princípio, atrasar esse repouso não traz danos”, afirma Fernando Louzada, pesquisador na área de cronobiologia e professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O problema, segundo ele, é se as crianças continuarem acordando cedo e não dormirem de dez a 13 horas, período considerado adequado para a faixa etária de 2 a 5 anos. “É preciso ficar atento para evitar a privação do sono, que provoca alterações de humor e comportamento.” Os educadores da creche fazem coro para a recomendação do especialista e a repetem como conselho aos pais.

A rotina abrange atividades para desenvolver as múltiplas capacidades dos pequenos. A ideia é que eles possam começar a explorar o mundo, adquirir os primeiros conhecimentos e, claro, viver experiências prazerosas. Em outras palavras, que tenham uma Educação Infantil de qualidade – mesmo quando o Sol se põe.

(Revista Nova Escola)

Quer saber mais?

CONTATO
CMEI Vila Parolin, tel. (41) 3332-8687

Diversão e conhecimento!

 

Você conhece?

  • Você conhece os instrumentos de uma Orquestra Sinfônica?  

  • Astronomia: um paralelo da grandeza dos astros com a nossa vida.  

 

Prestação de serviços em Curitiba

 

Para pensar…

  • SEM ETIQUETA, SEM PREÇO: Sobre os valores das coisas dentro de um contexto e o que realmente importa na vida.                        

  • Tradução de PERHAPS LOVE cantada por JOHN DENVER E PLÁCIDO  DOMINGO.                                                                            

 

Você sabia?

BASTA CLICAR EM CIMA DO TEMA DESEJADO

Retire o s odores desagradáveisda geladeira

Previna as pragas e doenças de jardins internos

Pão deliciosamente crocante

Óleos em papéis: como retira-los

Perfumando suas salas

Retire o mau cheiro das garrafas térmicas

Retire manchas de banha, manteiga, graxa e cera

Retire o cheiro de cigarros dos cinzeiros

Retire manchas de canetas

Para remover manchas de ferro de passar no tecidos

Retire as manchas de água em móveis:

Tire manchas de mel

Para retirar as manchas de vinho tinto de tapetes

Como retirar o bolor…

Faça a limpeza de flores artificiais

Retire manchas de café

Retire as manchas de graxa

Retire as manchas de cera

Desengordure seus tapetes

Retire manchas de mofo de tecidos

Limpe o assoalho para absorver o pó e infestações

Retire o mau cheiro das mãos

Limpe os seus aquários

Retire manchas de mofo dos tecidos

Retire tinta de caneta esferográfica…

Para esterilizar seus vidros

Sanitários limpos e brilhantes

Suas rosas vão durar muito mais…

Ferrugem em utensílios domésticos

Para que o queijo não endureça…

Dica sobre o açúcar em calda

Conserve a farinha

Manchas em livros

Chiclete no cabelo

Como controlar os mosquitos e moscas de sua casa

Otimize o detergente

Afugentando as formigas

Ao encerar o assoalho…

Limpando os sapatos de camurça

Retire manchas de ferrugem

Manchas de tinta de caneta esferográfica

Preparando frutos do mar

Derretimento de chocolate no Microondas

Derretimento de chocolate em Banho-Maria

Como identificar o legítimo bacalhau

Dicas para preparar um bacalhau

Não deixe seu bolo quebrar

Dicas de combate ao desperdício de alimentos

Para retirar a umidade de armários

Para retirar o mau cheiro de carros

Limpe seu micro-ondas

Como limpar panelas queimadas

Quem congela o bacalhau sempre tem

Para o açúcar não empedrar

Para se obter muito mais caldo do limão

Para retirar o excesso de gordura dos alimentos

Tire o hálito de cebola ou de alho

Para retirar o cheiro de frituras da casa

Talheres brilhando….

Para conservar suas flores por mais tempo

Para tirar o sal do bacalhau rapidamente

Tire manchas de iodo

Arroz bem solto

Conserve a farinha .

Água de batatas cozidas para talheres

Deixe os panos de pratos bem branquinhos

Tire o cheiro de peixe de suas mãos

Retire o forte cheiro de alho e cebola de suas mãos

Frigideiras que não grudam

O que fazer com as Sobras

Para evitar as formigas no açúcar

Como aproveitar melhor o tempo de uma consulta médica

Para cozinhar em invólucros de papel de alumínio

Batata frita crocante

Faça seu próprio amaciante

Faça seu próprio limpa-vidros

Conservando o leite fresco por mais tempo

Para que as batatas e maçãs não escureçam

Para que a alface fique verdinha

Para tirar o cheiro da geladeira

Como tirar as espinhas de uma truta

Para o odor nas axilas

Tratando o odor das axilas

Como comprar um bom palmito

Quantidade ideal de alimentos consumidos em um evento

Gaiolas de pássaros mau cheirosas

O que fazer com as Pulgas

Despertador de cão

Folhas de tomate contra mosquitos

Para matar as baratas

Afugentando as moscas

Para espantar moscas e mosquitos

Matando as baratas

Limpe os móveis de vime

Sofá de couro branco:limpeza

Manchas de cigarro nos dedos: como retirar

Manchas em sapato claros e camurças

Para tirar manchas de gordura dos tapetes

Para tirar manchas de água dos móveis

Conservando seus sofás

A Banana na sua dieta

Omelete no ponto

Omeletes leves

Café requentado e saboroso

Aves assadas e tenras

Omelete lisa e com muito gosto

Retirando o chiclete do cabelo

Couve flor sem cheiro

Limão com mais sumo

Ovos frescos e velhos

Cerefólio

Escolher o peixe mais fresco

Lasanha macia

Fazendo um Café delicioso

Dica sobre o Alho

Nunca congele!

Limpando seu microndas

Amaciando o polvo com coca-cola

Para tirar o cheiro da geladeira

Retire Manchas de camurça.

Tire mofo de roupas e acessórios em couro

Dicas para uma Boa Alimentação

Dicas para a sua Festa de Reveillon

Fazendo a ceia de fim de ano

Cabelos oleosos

Prepare a casa para o Natal

Embrulhos-um toque especial no Natal

Mesa de Natal- como decorá-la

Dicas de como economizar água

Acabando com as formigas

Tirand o cheiro de tinta e vernizes de locais pintados

Mantendo a couve bem verdinha

Coxinhas de galinhas bem sequinhas

Limpe seu microndas de modo bem simples

Geladeira sem cheiros

Suor nos pés

Caldo de abacaxi para amolecer o coxão duro

Conserve suas meias de náilon

Vapor restaura vassouras velhas

Procedimentos de Segurança para o uso do Gás Natural Veicular (GNV)

Cinto de segurança para cachorros

Equipamentos para o cocktail

Tudo sobre como retirar o cheiro de alho

Azeite- aprenda a escolher

Congelando Peixes e Frutos do Mar

Cortes na Cozinha Japonesa

Refrigerantes abertos

Como guardar gemas

Para que o ovo não estoure durante o cozimento

Para saber se os ovos estão estragados

Aproveitar maionese talhada

O que fazer com a comida salgada

Como fazer um Suflê que não “murcha”

Alimentos a evitar na depressão

Saiba o que fazer se há enchentes

Dicas para o bem vestir

Cuidados ao comprar medicamentos

Seguro de carro sem ter dor de cabeça

Retirando Manchas de mofo

Manchas de maquiagem

Mofo e manchas

Mancha de Tinta em Tecido

Mancha de tinta no couro

Mancha de tinta no cristal

Mancha de tinta na madeira encerada

Manchas de tinta no mármore

Manchas de tinta no nylon

Mancha de tinta nos tapetes

Mancha de tinta de pintar

Alfinetes afiados

Faca enferrujada

Dando brilho em aço inox

Como Check-ups Podem Salvar Sua Vida

Assar Carne com Gordura

Como cortar bem a carne

Evite espetar a carne com garfo

Como selar a carne

Reconhecendo a Cor da Carne à vácuo

Como se dá a Maturação da carne

Preparando Charque e carne de sol

Como usar o sal na carne

Carne para quem não pode comer sal

Reconhecendo a Carne inspecionada

O que é a “Carne quente”

O que é carne de vitelo

Como preparar carne adequadamente

Diminuindo os resíduos de agrotóxicos em sua alimentação

Limpando a máquina de lavar

Manchas de limão na pele

Lavando Roupas Escuras

Passando bem suas roupas

Chá para o mal hálito

Cheiro de Alho ou Cebola na Boca

Mau Cheiro em Garrafa Térmica

Lavando as roupas delicadas

Tirando as marcas das bainhas

Não perca o botão de sua roupa

Quando você mancha a roupa na lavagem

Vinco perfeito

Manchas em porcelanas

Banheiras amareladas, o que fazer?

Quando o chuveiro entope:

Tirando as manchas dos vasos sanitários

Limpando os Cromados

Manchas de canetas esferográficas

Removendo manchas deixadas pelo ferro de passar

Manchas de Iodo nas roupas

Retirando o cheiro de mofo

Como tirar as manchas de óleo das roupas

Retirando manchas de suor dos tecidos

Fazendo um doce de pêssego

Sal na cozinha

Como retirar mancha de ovo

Limpando os aquários

Turbinando o detergente

Limpe bem seus óculos

Cheiro ruim na geladeira

Limpando as manchas de óleo dos papéis

Deixe suas pias bem branquinhas

Deixe seus sapatos como novos

Tire o cheiro dos cinzeiros

Mancha de vinho nos tapetes

Deixando os vidros um brilho só!

Cleópatra

Tirando as olheiras

Para as mãos úmidas

Rachadura do seio na amamentação

Atente ao rótulo quando comprar água engarrafada

Alimentos: como consumi-los com segurança no verão

Planos privados de assistência à saúde – guia prático de orientação ao consumidor

O que é preciso saber sobre carnes, aves e pescados

O jovem e o consumo nos momentos de lazer

Alimentação Saudável

Como limpar e desinfetar as caixas d’água domiciliares

Dicas de tratamento para o piolho capilar