Medo da polícia?

policial-1Ficamos tristes com as notícias de policiais que matam porquê se sentem irritados, porquê o som do vizinho está alto, ou porquê desentendeu-se no trânsito. A justificativa de que o tiro é para assustar e “sem querer” atingem alguém não convence, afinal, como qualquer cidadão, não podem usar a arma de fogo fora do exercício da função. Desequilíbrio emocional não “casa” com atividade policial. Esses agentes públicos precisam ser além de exemplos para nossas crianças, porto seguro para a população buscar proteção.

A comunidade pode e deve se aproximar da polícia Civil e Militar, da Guarda Municipal, conhecer seus membros, fazer-se conhecer e buscar em conjunto apoio do Poder Executivo para ampliação dos quadros, formação e cuidados físicos/psicológicos para esses profissionais.

Não queremos que nossos filhos tenham medo da polícia, dos guardas. Precisamos que tenham confiança! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *